VIVER SEMPRE - MORRER JAMAIS

Pensar, sentir, agir sem cessar: VIDA.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

PSICÓLOGO DE DEFUNTO


Imagem perfeita - você é o da direita.



A gente vive pagando mico.
Se alguém te disser um dia que você vai se especializar em psicologia defuntária; você vai fazer chacota; gozação.
Mas, um belo dia vai ter que se virar para ajudar um desencarnado; ou melhor; dessossado a entender que foi desta para a melhor.

A maioria dos que batem com as botas não sabem ou não querem saber que desencarnaram (coisa tipo: me engana que eu gosto – essa postura segue além da vida).

O roteiro é parecido:
- Onde estou? Que lugar é este? É tudo tão estranho!
- A maioria vai reclamar dos sintomas da morte; em virtude da fixação mental.

Nossa brincadeira de hoje:

Se fosse você como daria a informação para a pessoa que ela já defuntou?
Ia dizer na lata?
De pronto?
Ia enrolar?
Desconversar?

Melhor não fugir do assunto; pois breve ou você será paciente de psicólogos não bem formados de desencarne ou será paciente.

Bem vindos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário